Douglas Wires, nasceu em 1971, é casado e mora atualmente no Rio de Janeiro, atuando no mercado de turismo desde 1995. Fluente em inglês, é emissor Amadeus e Sabre de passagens aéreas nacionais e internacionais. Trabalhou em empresas como: VARIG, OCEANAIR e CARLSON WAGONLIT, adquirindo sólidos conhecimentos e experiência em cálculos de tarifas aéreas, supervisão de reservas e negociação de serviços de viagens.

CAMPANHA DE PREMIAÇÃO VOU DE GOL: O MARKETING NO MERCADO DE TURISMO

Esta campanha da GOL é mais um exemplo dos incentivos ou bônus que formentam o mercado do turismo. Só participa e ganha os agentes de viagens que emitem as passagens. Se você é free-lancer ou uma agência de viagens pequena que solicita as emissões com uma operadora de viagens, infelizmente você não concorrerá a esses prêmios. Vale lembrar também que as agências que são franqueadas também perdem o direito de concorrer a essa premiação porque quem emite são os emissores da agência matriz, detentora da franquia.


A campanha VOU DE GOL é justa em premiar somente os emissores. Toda vez que surge campanhas de premiação, os patrões querem abocanhar os prêmios. Além dos emissores não terem direito a ganhar comissão perdem a vontade de incentivar a venda de um fornecedor específico porque no final da venda, o dono da agência quer o prêmio para ele. Entretanto, nesta campanha, devido ao peso do volume das vendas da GOL, o patronato teve que ceder em não tirar o direito dos emissores de concorrerem aos prêmios.


A campanha não fala, mas eu percebi que por trás dela, a GOL está avaliando o volume de vendas das agências de viagens da seguinte forma: Para concorrer aos prêmios o emissor precisa se logar num site específico e nele digitar o localizador referente a cada emissão que fez. Quanto maior o número de localizadores registrados no site pelo emissor da agência, maior será sua posição no ranking de emissão e com isso se tornar o vencedor da premiação. Até aí tudo bem!


A grande jogada da GOL está nos bastidores do site... A partir do momento que o emissor da agência registra cada emissão que fez para concorrer ao prêmio, ele automaticamente está fazendo com que o site envie mensagens ou registre numa área reservada que só a GOL tem acesso o volume das vendas da agência. Assim a GOL poderá reavaliar os descontos nas tarifas que ela está repassando para as agências de viagens, pois tem algumas agências que por intermédio das amizades com os promotores da GOL, tem conseguido descontos de 12% ou mais nas tarifas praticadas no site da GOl sem ao menos terem direito a esse desconto por não terem volume de vendas! Outra jogada da GOL com essa campanha de nível nacional é a pesquisa gratuita de quais cidades, estados e regiões mais emitem bilhetes da GOL para que a empresa possa fortificar sua presença nesses pontos e reavaliar suas rotas nos pontos onde houve menos vendas.

Percebeu? Os dois lados (emissor e cia aérea) ganham com isso e a GOL ainda tem a colaboração de milhares de agentes de viagens espalhados pelo país contribuindo para a sua pesquisa interna de mercado! Como essa campanha da GOL, vários tipos de incentivos existem no mercado. Cada qual com características diferenciadas, mas todas elas sofrem com o olho grande dos donos das agências de viagens que não permitem que seus funcionários sejam contemplados com essas bonificações. Justamente eles que falam tanto em espírito de equipe.
  • As empresas de seguro viagem pagam 20% de comissão para o agente de viagens que vendeu seu seguro e mais 23% de comissão para a agência. A seguradora TRAVEL ACE premia os agentes de viagens através do programa de vantagens CLUB INN, cujos detalhes de como participar estão no link http://www.inclub.com.br/


  • A rede ATLÂNTICA HOTELS incentiva anualmente os agentes de viagens com premiações e pacotes de viagens premiando aqueles que mais venderem os hotéis da rede. Assista o vídeo:


  • As locadoras de carro, como a LOCALIZA, paga R$ 15 ao emissor que durante 1 mês fizer 3 locações de carro, e cada locação nova, soma-se mais R$ 5 e por aí em diante. Tudo bem explicado no site de premiação da locadora: http://www.localiza.com/multipremios/.

  • A CONTINENTAL AIRLINES bonifica de vez em quando os emissores com vale-prêmios que são cupons de diferentes valores que podem ser usados como moeda para a compra de produtos de supermecados, lojas da C&A, RENNER, BOB's, etc. Para ganhar esses vale-brindes, o emissor precisa apenas inserir na reserva que emitiu com os vôos da Continental Airlines o seu código PIN após ter sido cadastrado pela cia aérea.

Tendo em vista essas campanhas, as operadoras de turismo tentam buscar outras formas de fidelizar seus clientes (free-lancers e pequenas agências) a continuarem comprando com elas. Alguns exemplos são:
  • TREND OPERADORA (http://www1.trendoperadora.com.br/): frequentemente realiza workshops para agentes de viagens com comida a vontade, shows ao vivo e é claro, sorteios de carro 0km e muito mais.
  • GAPONE: falo muito da Gapone nesse blog porque já fui funcionário dessa ótima empresa. Os agentes de viagens e free-lancers que solicitam as emissões com essa operadora acumulam pontos chamado EUREKA, que podem ser trocados por prêmios, conforme o site http://www.eurekapremios.com.br/oque.aspx


E é só meus amigos! Resumindo tudo... Nem só de comissão vive o mercado de turismo. Pena que em alguns casos o funcionário tem que esconder do patrão que ele está ganhando uma cortesia de hospedagem ou um vale-brinde por vender um produto de um fornecedor.

Postar um comentário

CADASTRE SEU EMAIL E SEJA AVISADO SOBRE NOVAS POSTAGENS 

ÍNDICE DO BLOG