Douglas Wires, nasceu em 1971, é casado e mora atualmente no Rio de Janeiro, atuando no mercado de turismo desde 1995. Fluente em inglês, é emissor Amadeus e Sabre de passagens aéreas nacionais e internacionais. Trabalhou em empresas como: VARIG, OCEANAIR e CARLSON WAGONLIT, adquirindo sólidos conhecimentos e experiência em cálculos de tarifas aéreas, supervisão de reservas e negociação de serviços de viagens.

LOJAS VIRTUAIS DE TURISMO NO FACEBOOK

Uma das funcionalidades mais importantes que fez o WordPress se tornar a plataforma de blog mais usada no e-commerce foi a facilidade de criação de lojas virtuais gratuitas, ao contrário de outras plataformas que cobram por isso. Não demorou muito e a novidade gratuita chegou ao Facebook, ameaçando inclusive o reinado do MercadoLivre.



A partir da instalação de aplicativos gratuitos no Facebook, qualquer adolescente ou empreendedor amador sem conhecimento algum de programação é capaz de criar a sua loja virtual online para divulgar a venda dos seus produtos. Isso tem feito muita gente sonhar que é possível vender pelo Facebook pacotes de viagens, ainda mais se considerarmos que produtos de viagem são uma modalidade que não existe custos com frete. Porém, uma laja virtual de viagem não é tão simples assim de ser implantada devido algumas complicações:
  • Você precisa ter um CNPJ para ter seu cadastro aprovado pela operadora de viagem e receber a comissão da venda do pacote feita na loja virtual. Ou seja: a loja virtual funciona muito bem para Marketing Multinível (produtos da Avon, Herbalife, Hoken, camisas estampadas, etc), mas para certos produtos, como turismo, o empreendedor não pode trabalhar como autônomo.

  • É necessário ter um serviço de atendimento ao cliente por telefone.
    Isso porque, certas vendas técnicas, como pacotes de turismo, exigem uma consultoria tanto para venda quanto para alterações ou customizações de um pacote após a compra e por isso o telefone é o meio mais rápido do que a troca de emails, além de passar mais confiabilidade da idoneidade da empresa. Portanto, não pense que abrir uma loja virtual de turismo vai lhe render uma grana extra como segundo emprego.
  • Produtos turísticos são compras de risco. Isto é: uma coisa é o internauta se aventurar pelo Facebook ou em sites desconhecidos para comprar uma camisa ou algum outro produto que custe menos de R$ 70 (com frete incluso). Outra coisa é ele se arriscar em comprar um pacote de viagem cujo valor ultrapassa R$ 1000.00. O que quero dizer, é que as pessoas se sentem muito mais seguras em comprar um produto de baixo valor do que um de alto custo e ainda num site ou rede social de alguém que não conhece, mesmo sendo recomendação de um amigo do Facebook! Porque se der algo errado, os canais para reclamação e processo contra quem vendeu são praticamente nulos. Por isso, em se tratando de escolha sobre qual produto seria a melhor opção para um cliente comprar na sua loja virtual, a melhor opção são os produtos materiais e de baixo custo, pois produtos de turismo em lojas virtuais de free-lancers e de pequenos empreendedores acabam se tornando meras páginas de cotação de preço para o cliente pechinchar ao ir numa agência de viagem de um shopping.

APLICATIVOS PARA CRIAR UMA LOJA VIRTUAL NO FACEBOOK
Agências de viagens recém abertas podem também fazer uso dessa facilidade escolhendo qualquer um dos 3 melhores aplicativos da lista abaixo. São todos gratuitos, mas deve-se prestar atenção que a diferença entre eles está na taxa de transação cobrada na hora da venda e ao limite de produtos anunciados.

FACILEME
O Facileme é um aplicativo que cria lojas virtuais dentro do Facebook para você vender o que quiser por meio do marketing boca a boca e ferramentas de curtir, compartilhar e enviar para os amigos para que os seus produtos ganhem muito mais exposição.




  1. Integrado com o mais conhecido intermediador de Pagamento, o PagSeguro.
  2. Instalação simples e rápida.
  3. Diversas opções de personalização de loja.
  4. Crie cupons de desconto para seus clientes.
  5. Aplicativos disponíveis para turbinar sua fan page.
  6. Divulgue seus produtos dentro das redes sociais.
LIKE STORE
Transforme conversas em conversão: venda seus produtos com a força das redes sociais.




  1. Toda experiência de compra ocorre dentro do Facebook na página da sua marca.
  2. Cada venda efetuada pode ser divulgada no mural do comprador.
  3. Mesmo sem comprar, o usuário pode curtir as ofertas e divulgar em seu mural.
  4. Funciona através de um aplicativo fácil de configurar.
  5. Gerenciador descomplicado da loja com controle completo de estoque e pedidos.
  6. Mais de 15 formas de pagamentos disponíveis com segurança através do widget MoIP.
  7. Sem custo de ativação, nem mensalidade.
  1. Administre seus produtos de um só lugar e venda em dois.
  2. Sempre atualizada, sincronizada com seu site.
  3. Meios de pagamento integrados, com MercadoPago.
  4. Visibilidade no Facebook e Google+ para suas visitas compartilharem seus anúncios.
  5. Botões sociais integrados ao seu site e aos seus produtos.
  6. Opção de compartilhar automaticamente seus produtos no Facebook.
  7. Comentários nos seus produtos integrados com Facebook, visíveis no seu muro e no dos seus clientes.
  8. Integração com MercadoAds. Promova seus produtos a partir do administrador do MercadoShops.
  9. Visitas que recebe por dia, semana ou mês no seu administrador.
  10. Integração com Google Analytics.
  11. Integração com Web Master Tools para usuários avançados.
CONLUSÃO
A venda de pacotes turísticos no FACEBOOK não é um bom canal para venda porque desvirtua o foco que é o site da agência de viagem. Perde-se tempo, porque não há espaços suficientes para detalhar o roteiro de viagem e as regras do contrato. Além do mais, nem todos os produtos são adequados para serem vendidos em mídias sociais. Por acaso, você já viu uma fan page de venda de carro zero de alguma concessionária? Pois é... Nem a CVC, SUBMARINO VIAGENS e DECOLAR.COM possuem lojas virtuais no Facebook. Mesmo assim, para os mais teimosos e que atiram para todos os lados, a aposta de venda pode ser feita dando opção do cliente clicar no pacote anunciado na fan page e ser redirecionado para o site da agência de viagem onde poderá fazer a compra e até esclarecer dúvidas. 

Postar um comentário

CADASTRE SEU EMAIL E SEJA AVISADO SOBRE NOVAS POSTAGENS 

ÍNDICE DO BLOG