Douglas Wires, nasceu em 1971, é casado e mora atualmente no Rio de Janeiro, atuando no mercado de turismo desde 1995. Fluente em inglês, é emissor Amadeus e Sabre de passagens aéreas nacionais e internacionais. Trabalhou em empresas como: VARIG, OCEANAIR e CARLSON WAGONLIT, adquirindo sólidos conhecimentos e experiência em cálculos de tarifas aéreas, supervisão de reservas e negociação de serviços de viagens.

SALÁRIO vs TEMPO DE TRABALHO

M

uitas pessoas pensam que irão se aposentar na empresa que trabalham, porém, isso é uma sonho distante da realidade  quando analisamos a escala salarial e os reajustes salariais negociados anualmente pelo sindicato com os empresários.


Vamos imaginar que uma agência de viagem tenha a seguinte faixa salarial para negociar contratação de consultores de viagem.

CONSULTOR BRONZE
CONSULTOR PRATA
CONSULTOR OURO
CONSULTOR PLATINA
CONSULTOR DIAMANTE
R$ 1.300,00
R$ 1.500,00
R$ 1.800,00
R$ 2.500,00
R$ 3.000,00

Essa tabela salarial estipula o mínimo e o máximo que uma agência de viagem pode pagar a um consultor de viagem. Serve também como uma ferramenta de negociação salarial, usado para o empregador contratar um funcionário mediante sua experiência e atividades que serão exercidas. Logo, quanto menor o salário, menor a experiência exigida e menos responsabilidade exercida pelo consultor.

Agora vamos aos dois fatores que determinarão o tempo que um consultor ficará empregado numa agência de viagem, desde que não seja um péssimo funcionário:

1   Pela lógica, num momento de crise, os primeiros a serem demitidos são aqueles que ganham os maiores salários.
  • A outra regra que ocasionará a demissão do funcionário será a soma do reajuste salarial negociado anualmente pelo sindicato.
  • Na tabela abaixo, tem-se uma simulação do quanto será o aumento anual no salário de um consultor ouro, considerando uma taxa anual fixa de 10% negociada pelo sindicato para o salário não ficar defasado em relação ao percentual da inflação.
Assim sendo, considerando que o consultor ouro nunca tenha sido promovido na empresa desde 2010, podemos perceber que em 5 anos seu salário de R$ 2.635,38 estará ao nível de um consultor platina e em 2016, 7 anos após a sua contratação, seu salário de R$ 3.188,81 já terá alcançado o nível de um consultor diamante.

Se o consultor completar 11 anos na empresa, sua projeção salarial para o ano de 2020 será R$ 4.668,74. Esse valor corresponde ao salário de um supervisor de viagens em início de carreira!

ANO
SALÁRIO (R$)
SALÁRIO COM DISSÍDIO DE MAIS 10% (R$)
2010
1.800,00
1.980,00
2011
1.980,00
2.178,00
2012
2.178,00
2.395,80
2013
2.395,80
2.635,38
2014
2.635,38
2.898,92
2015
2.898,92
3.188,81
2016
3.188,81
3.507,69
2017
3.507,69
3.858,46
2018
3.858,46
4.244,31
2019
4.244,31
4.668,74
2020
4.668,74
5.135,61
2021
5.135,61


Você realmente acredita que a empresa continuará mantendo um consultor empregado, que nunca foi promovido e ganhando o mesmo salário de um supervisor apenas para emitir passagens da ponte-aérea?

Com isso, podemos concluir:
  • O tempo de casa do funcionário contratado dependerá do salário negociado na contratação. Logo, quando o seu salário alcançar o teto máximo da faixa salarial é porque você já entrou na lista de demissões da empresa.
  • Se o RH da empresa disponibilizar a faixa salarial do seu cargo, então você poderá prever o valor do seu salário para os anos seguintes, como mostrado na simulação acima, e com isso se programar se dará tempo de fazer uma faculdade, financiar um carro ou se endividar com longos parcelamentos.
  • Não existe plano de carreira em empresa de prestação de serviço, como agência de viagem. A ilusão do plano de carreira numa empresa prestadora de serviços se dá apenas com o acréscimo do reajuste salarial, mas nunca para cargos de liderança, salvo raríssimas exceções.

Postar um comentário

CADASTRE SEU EMAIL E SEJA AVISADO SOBRE NOVAS POSTAGENS 

ÍNDICE DO BLOG